No dia anterior, tinha visto que eles davam aula de Blackjack(21) no nosso hotel às 10hs. O Marcelo não quis saber de acordar, então fui sozinha. Já tinha jogado Blackjack no computador, mas já fazia um certo tempo. Foi legal porque além de refrescar a memória, o cara deu dicas bem legais sobre risco além de ensinar os sinais básicos que você tem que fazer pro dealer. Muito bom pra não passar vexame!

Voltei pro quarto e o mocinho ainda dormindo. Acorda!
Fomos caminhando até o Venetian, o hotel inspirado na cidade de Veneza. O lugar é muito bonito e inclusive tem um canal onde você pode passear de gôndola.

Las Vegas: The Venetian

Deixamos o passeio de gôndola pra lá. Aproveitamos para comprar ingressos para assistir ao show do Blue Man, o teatro fica dentro do hotel.
Na saída, queria ver o museu de cera Madam Tussaud. Já tínhamos ido em Londres, mas vale a pena ver de novo. Ingresso meio caro, aí a gente olha um cartaz que diz que se você comprar ingresso pro show do Blue Man ali, você ganha os ingressos! Putz, ingressos recém comprados na bilheteria do teatro.
A moça pergunta: Tudo bem? E o Marcelo: Não! Acabamos de comprar os ingressos pro show. A menina pede pra ver os ingressos e libera nossa entrada! Ueba!
Comparado ao de Londres, achei este de Las Vegas menorzinho, mas mais real. Talvez a tecnologia para criar bonecos de cera tenham evoluído em 4 anos também…

Las Vegas: Madame Tussauds - Wax Museum

Las Vegas: Madame Tussauds - Wax Museum

À noite, fomos jantar no Hard Rock Café. Perda de tempo, nada demais. Além do quê, o restaurante que a gente queria ir mesmo estava fechado.
Saímos de lá e fomos pro MGM Grand, nos divertir nos caça-níqueis!

Anúncios